30 principais marcas de grife que você precisa conhecer

Todo mundo adora um pouco de luxo em sua vida, e não há como negar que essas marcas de designer estão na vanguarda. Eles fornecem tudo, desde ternos a camisetas básicas e roupas íntimas. Essas marcas conhecem estilo e conforto, criando seus designs com a mais alta qualidade. Para ajudá-lo, reunimos as melhores marcas de designers que você precisa conhecer.

RELACIONADOS : As melhores lojas de roupas online para homens

RELACIONADOS: 30 melhores sites de compras online para mulheres

Conteúdo

  • 1 Gucci
  • 2 DKNY
  • 3 Prada
  • 4 Salvatore Ferragamo
  • 5 Stella McCartney
  • 6 Fendi
  • 7 Saint Laurent
  • 8 Givenchy
  • 9 Balmain
  • 10 Balenciaga
  • 11 Kenzo
  • 12 Alexander McQueen
  • 13 Louis Vuitton
  • 14 Giorgio Armani
  • 15 Tom Ford
  • 16 Berluti
  • 17 Burberry
  • 18 Comme Des Garçons
  • 19 Dior Homme
  • 20 Calvin Klein
  • 21 Brioni
  • 22 Ralph Lauren
  • 23 Valentino
  • 24 Paul Smith
  • 25 Ermenegildo Zegna
  • 26 Hugo Boss
  • 27 DSquared
  • 28 Thom Browne
  • 29 Hermes
  • 30 Lacoste

1. Gucci

Fundada por Guccio Gucci em 1921, a marca é uma das marcas de luxo originais e uma das líderes mundiais em vestuário e acessórios. A etiqueta é mais conhecida por seu estilo extravagante e têxteis de luxo. A Gucci continua a redefinir a moda para se adequar ao século XXI, enquanto representa a mais alta qualidade do artesanato italiano e a atenção aos detalhes.

LOJA: Gucci

2. DKNY

Donna Karen fundou sua marca de difusão DKNY em 1984, embora não tenha sido até 1992 que o DKNY Men foi lançado. A marca logo ficou conhecida por suas influências esportivas, uso casual chique e inteligente da marca. Traz um forte senso de Nova York, com muitas de suas camisas e camisolas com a paisagem da cidade. O espírito de design do DKNY está no centro de seu estilo descomplicado e descontraído.

LOJA: DKNY

3. Prada

A Prada sempre pensa fora da caixa e não cria seus designs com base em estilos pré-concebidos ou tendências da moda. Como resultado, o rótulo se orgulha da qualidade e da liberdade de expressão descomprometidas. A casa de moda italiana de luxo é um dos maiores nomes da indústria, fundada em 1913 por Mario Prada. Especializada em bolsas de couro, acessórios de viagem, sapatos, pronto-a-vestir, perfumes e outros acessórios de moda, a marca conseguiu resistir ao teste do tempo.

LOJA: Prada

4. Salvatore Ferragamo

O sonho de Salvatore Ferragamo sempre foi transformar sua marca em uma ótima casa de moda; portanto, quando ele passou em 1960, ele a deixou como seu legado, esperando que sua família cumprisse seu objetivo. Eventualmente bem-sucedida, Salvatore Ferragamo é agora uma das maiores e mais conhecidas etiquetas de calçados, feita com couros de alta qualidade e outros materiais exclusivos.

LOJA: Salvatore Ferragamo

5. Stella McCartney

Stella McCartney lançou sua marca em 2001, possuindo uma parceria de 50% com o grupo Kering. A marca foi uma das primeiras marcas de moda a se juntar ao movimento de sustentabilidade, optando por seguir os passos de sua mãe, Linda McCartney, uma ativista dos direitos dos animais. Por esse motivo, a marca utiliza materiais não violentos para criar roupas, acessórios, lingerie e óculos prontos para vestir, acreditando firmemente em sustentar o planeta e cuidar dos animais. A moda masculina Stella McCartney tem uma aparência urbana única e é conhecida por suas formas suaves e por sua aparência esportiva.

LOJA: Stella McCartney

6. Fendi

Fundada em 1925 em Roma, a Fendi é uma das marcas de designers originais, com mais de 90 anos de idade. A grife italiana era apenas uma loja de peles e couro quando foi lançada pela primeira vez por Adele e Edoardo Fendi. Mantendo suas raízes, a marca ainda é, até hoje, a única marca a ter um ateliê interno de peles. Sua linha de produtos também inclui bolsas, sapatos, acessórios, óculos, fragrâncias, artigos de couro e roupas prontas para o uso.

LOJA: Fendi

7. Saint Laurent

Yves Saint Laurent e seu parceiro, Pierre Bergé, fundaram a marca em 1961. A casa de luxo francesa ainda é considerada uma das casas de moda mais importantes do mundo, conhecida por suas peças modernas e icônicas. Saint Laurent personifica a cultura jovem e enfatiza a fluidez de gênero através de suas roupas neutras e de estilo simples, mas clássico, que é explosivamente legal, entrelaçando rebeldes, punk com luxo.

LOJA: Saint Laurent

8. Givenchy

A casa de moda e perfume de luxo francesa foi fundada em 1952 pelo designer Hubert de Givenchy, que ganhou destaque com seu domínio da silhueta. A marca atinge o equilíbrio perfeito entre o estilo tradicional e o moderno, mantendo um visual casual e clássico, inspirado por muitos artistas, amigos, musas e clientes fiéis. Embora a casa de moda agora seja de propriedade do conglomerado de luxo LVMH, a marca ainda é conhecida por ser uma das marcas originais de estilistas e líder na indústria da moda.

LOJA: Givenchy

9. Balmain

Balmain tem uma herança de design de ricos tecidos decorativos e acabamentos de luxo. O rótulo usa maneiras inovadoras de incorporar seu legado francês. Ele tem um estilo único e artesanato imaculado, que é evidente nos pequenos detalhes. Cada design traz um de seus enfeites de assinatura, incluindo seus medalhões de ouro, o novo logotipo redesenhado, botões e símbolos, o brasão de brasão, seus ornamentos de ouro ou borlas. Colaborações recentes de designers incluem H&M e Victoria's Secret.

LOJA: Balmain

10. Balenciaga

A Balenciaga tem agora mais de 100 anos, com a casa de moda de luxo fundada na Espanha em 1917, por Cristóbal Balenciaga. Embora a marca agora seja de propriedade da multinacional francesa Kering, eles conseguiram manter o status high-end da gravadora, bem como seu estilo de tendência que só pode ser descrito como inventivo, caro e ousado.

LOJA: Balenciaga

11. Kenzo

A casa de moda francesa foi fundada em 1970 e criada por Kenzo Takada, cujo fundo japonês o inspirou a criar os looks da marca com base em suas influências japonesas e na cultura de Paris. Por esse motivo, a empresa manteve seu conceito criativo até hoje, mesclando estampas exóticas com um toque étnico, além de muitos desenhos florais.

LOJA: Kenzo

12. Alexander McQueen

O designer de moda britânico, Lee Alexander McQueen, fundou sua marca em 1992, após concluir um estágio no prestigiado Saville Row, em Londres. Formas exageradas e alfaiataria inovadora combinadas com técnicas tradicionais são a aparência principal do rótulo. Streetwear punky e fortes efeitos gráficos também são uma parte essencial do DNA da marca.

LOJA: Alexander McQueen

13. Louis Vuitton

A Louis Vuitton decidiu que queria se tornar um mestre de malas aos dezesseis anos de idade. Isso não apenas o levou a se tornar um designer, mas também um inventor, criando bloqueios nunca antes vistos. A marca continua a ser mais conhecida por suas malas e bagagens, com as viagens permanecendo no coração da casa, ao lado de suas coleções RTW.

LOJA: Louis Vuitton

14. Giorgio Armani

O estilista italiano Giorgio Armani formou sua empresa em 1975, alcançando o status de 'designer de maior sucesso de origem italiana' em 2001. A marca de luxo italiana é um dos maiores e mais influentes nomes da moda, mais conhecido por seus trajes e roupas formais. usa linhas limpas e personalizadas. Armani é um símbolo de sucesso para muitos profissionais de negócios e existe desde o início dos anos 80.

LOJA: Giorgio Armani

15. Tom Ford

Em 2005, Tom Ford anunciou a criação de sua marca e, embora seja um nome relativamente novo para o mundo da moda, a Ford já conseguiu torná-lo tão conhecido quanto suas marcas de estilistas "antigas como o tempo"; ele passou os quinze anos anteriores trabalhando para revolucionar a Gucci. Tom Ford é a sua loja de moda completa, que fornece de tudo, de roupas a malas e fragrâncias.

LOJA: Tom Ford

16. Berluti

A Berluti supera a confecção de bolsas, acessórios e roupas prontas para vestir, mas o coração da empresa são seus sapatos de couro. Devido a desafiar os limites do artesanato, a casa de moda conseguiu criar seus próprios couros especiais e desenhos exclusivos, incluindo um couro macio e flexível que pode ser transformado em várias cores com a opção de personalização.

LOJA: Berluti

17. Burberry

Thomas Burberry originalmente projetou suas roupas para proteger as pessoas do clima frio e rigoroso britânico, adquirindo tecidos resistentes que revolucionaram as roupas à prova de intempéries, a partir de 1856. Até hoje, a Burberry tem uma identidade britânica distinta conhecida por suas peças clássicas de roupas de fora, usando padrões tradicionais de tecidos e alfaiataria lisa.

LOJA: Burberry

18. Comme Des Garçons

A Comme Des Garçons foi fundada em 1969, mas não foi estabelecida como empresa até 1973. A marca rapidamente se tornou conhecida no Japão, onde foi criada por Rei Kawakubo, antes de se espalhar para muitas outras regiões do mundo. Embora a marca tenha quase 50 anos, ainda consegue ser a marca mais inventiva do século XXI, especializada em criar uma moda única, descolada e radical que desafia ferozmente as convenções e transcende os estereótipos de gênero com roupas completamente originais.

LOJA: Comme Des Garçons

19. Dior Homme

A marca foi fundada em 1948 por Christian Dior. Embora a empresa européia de artigos de luxo seja agora presidida pelo empresário francês Bernard Arnault, que também é o chefe da LVMH, que é o maior grupo de luxo do mundo. O estilo sofisticado, contemporâneo e confiante da Dior, segue um estilo formal e minimalista. Enquanto a Dior Homme introduziu uma silhueta fina e característica sob a direção criativa de Hedi Slimane, a marca continua desafiando as convenções.

LOJA: Dior Homme

20. Calvin Klein

Calvin Klein foi lançado em 1968 pelo estilista americano Calvin Richard Klein. O rótulo é uma megabrand global de estilo de vida com uma presença global que se orgulha de sua natureza provocativa, moderna e sensual. A marca tem uma estética mínima, que combina inteligentemente alfaiataria não estruturada com grampos icônicos.

LOJA: Kalvin Klein

21. Brioni

A marca italiana Brioni tem um método muito particular de criar seus trajes que praticam desde o final dos anos 50. Requer 220 etapas e mais de 22 horas de trabalho para concluir esse processo exclusivo manualmente. Embora valha a pena o produto final, criando uma aparência bastante inteligente e sofisticada, mesmo em suas roupas do dia a dia.

LOJA: Brioni

22. Ralph Lauren

Ralph Lauren está na vanguarda da moda, sendo líder global em design e marketing desde que a casa de moda foi inventada em 1967, enquanto o próprio Ralph é um ícone na indústria. A marca fornece roupas, acessórios e fragrâncias para homens, mulheres e crianças, e é super estilosa. O selo continua a ser o líder nas últimas tendências e sempre oferece os melhores looks da passarela.

LOJA: Ralph Lauren

23. Valentino

A marca foi fundada em 1959 em Roma pelo estilista italiano Valentino Clemente Ludovico Garavani. Valentino é um dos líderes originais da moda internacional e continua sendo hoje. A marca produz sapatos, bolsas, óculos, cachecóis, gravatas, fragrâncias e roupas que são super ousadas e mais interessantes em estilo.

LOJA: Valentino

24. Paul Smith

Paul Smith surgiu com o conceito de empresa nos anos 70 e mantém esses padrões desde então, com o lema de "clássico com um toque". A marca se destaca de muitas outras devido ao seu sabor único e senso de estilo lúdico. A moda de Paul Smith fica em algum lugar entre a alta moda e o vestuário formal e usa os dois como inspiração.

LOJA: Paul Smith

25. Ermenegildo Zegna

Fundada em 1910, a Zegna é uma casa de moda italiana de luxo especializada em roupas e acessórios masculinos. A etiqueta tem uma abordagem muito holística à maneira como administra os negócios, sempre fornecendo matérias-primas de alta qualidade e amigáveis ​​à natureza. De fato, o rótulo é um dos maiores produtores mundiais de tecidos finos e tem sido ativo na promoção de melhorias na produção de lã em todo o mundo. Por receita, a marca é a maior marca de moda masculina do mundo, com seus designs básicos casuais e inteligentes.

LOJA: Ermenegildo Zegna

26. Hugo Boss

A casa de moda de luxo alemã foi fundada em 1924 por Hugo Boss, originalmente especializada em uniformes durante a Segunda Guerra Mundial. Embora mudando ao longo do tempo, a etiqueta agora tem uma mistura de trajes clássicos de negócios e roupas casuais, todos confeccionados com um padrão premium, fazendo uma declaração confiante e mantendo designs simples e clássicos.

LOJA: Hugo Boss

27. DSquared2

Os irmãos gêmeos Dean e Dan fundaram o DSquared2, em 1996, em Milão, Itália. Os desenhos são uma mistura de ousado e sensual, feito com alfaiataria canadense e italiana, escolhendo seus países de herança. Portanto, suas coleções são perfeitamente contrastadas, criando um conceito alternativo ao luxo, mesclando designs opostos.

LOJA: DSquared2

28. Thom Browne

Em 2001, Thom Browne percebeu que havia uma lacuna no mercado de roupas formais devido ao fato de todos terem se tornado excessivamente casuais na maneira como se vestiam. Portanto, a marca é especializada em ternos e roupas formais, deixando até as roupas casuais bastante elegantes. Embora a coisa mais notável em Thom Browne seja que ele adora brincar com proporções tradicionais e criar roupas 'encolhidas', reconceptualizando o terno masculino clássico, além de aceitar a fluidez de gênero, vestindo seus modelos masculinos em saias, vestidos e saltos.

LOJA: Thom Browne

29. Hermes

A Hermes vende artigos de couro, acessórios, perfumes e roupas prontas para vestir, com um estilo bastante tradicional. De todos os seus produtos, seus artigos de couro são os que mais contribuem para as receitas da empresa, seguidos por sua linha de pronto-a-vestir. A marca também possui muitas marcas parceiras, incluindo John Lobb (fabricante de botas), Puiforcat (ourives), Saint-Louis (fabricante de cristais) e Shang Xia (marca contemporânea de estilo de vida sofisticado).

LOJA: Hermes

30. Lacoste

Fundada pelo campeão de tênis da década de 1920, Rene Lacoste, uma das maiores marcas formais de todos os tempos surgiu de uma determinação em melhorar o vestuário esportivo que, na época, era amplamente tecido. Ele é creditado com a invenção do algodão piquê, um tecido de malha resistente que até hoje ainda é usado nas camisas pólo icônicas da empresa. Com o tempo, a linha Lacoste cresceu e passou a incluir uma forte oferta de roupas técnicas e de vestuário exterior, com cores vibrantes e ténis clássicos brancos.

LOJA: Lacoste

Deixe O Seu Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here